Gravura Brasileira

Portal

Portal

De 7/8/2007 a 15/9/2007

Obras

Imprensa

Press Release

Baixar

"PORTAL"
com obras dos artistas:
Armando Sobral, Ernesto Bonato, Fabrício Lopes e Ulysses Bôscolo.


A exposição PORTAL vai mostrar gravuras em metal de Armando Sobral, xilogravuras de Ernesto Bonato, uma xilogravura em grande formato de Fabrício Lopes e objetos em madeira de Ulysses Bôscolo.


Ernesto Bonato
“Mostrarei 08 xilogravuras (04 de 60 x60 cm. e 04 de 30 x 30 cm.) de uma série chamada Deambulatório. Comecei a trabalhar nesta série em julho de 2006, quando cumpria um programa de residência artística em uma pequena vila na Borgonha francesa, chamada Anzy le Duc. Viajei àquela cidade para estudar uma linda igreja românica do séc. XI e nela organizar uma exposição com outros 06 artistas. Durante 15 dias explorei a paisagem ao redor  da igreja e sua arquitetura e esculturas e gravei as primeiras duas imagens. A idéia era  fazer uma imagem para cada um dos 12 pilares que suportam a nave central e a cúpula da igreja de Anzy. As imagens foram gravadas a partir de fotografias que fiz. A gravação manual das matrizes de faz uso de pontas secas de diferentes tamanhos, produzindo milhares de pequenos orifícios na superfície da madeira. A construção da imagem não é foto-mecânica, mas uma interpretação intuitiva da luz e da sombra. Este projeto está ainda em andamento e espero concluir a série em dois anos. As 08 imagens que apresento agora são uma mão, um fragmento de tecido, uma visão de um céu, uma concha, uma flor de dente-de-leão, a íris de um olho, respingos na água. As impressões manuais, em papel japonês, têm tiragem máxima de 10 exemplares, devido à fragilidade da gravação”


Ulysses Bôscolo:
“As caixas foram feitas na medida em que o trabalho de ateliê de gravura em metal e xilogravura foi se desenvolvendo, entre 2003 e 2007, com o corte nas madeiras encontradas nas ruas e as linhas em ponta seca realizadas sobre chapas de zinco, em vez de cobre. O zinco era um material que me traía o tempo todo, absolutamente cinza. As estampas apresentavam um véu nebuloso acentuado como tempestades marítimas que logo se transformaram em pinturas.
Este procedimento proporcionava uma espécie de linha firme, dura, compacta e quebradiça. Era a mesma linha – objeto – viga presente no peso de cada pedaço de madeira solta que eram transformados em objetos-caixas para primeiro acondicionar minhas gravuras.
Estas caixas deram origem a uma série de trabalhos sobre a natureza dos objetos e outras coisas “prensadas” e esmagadas; algo que eu gostava de observar entre as camadas de feltro da prensa. Um inseto que por ventura ficasse ali era esmagado pelo rolo da máquina. Papéis e outros “microorganismos” que possuíam um valor tátil, sutil, que eu queria reproduzir, primeiramente, com a ponta seca de diamante e depois de vídia, (material tão duro como o zinco) produziram o desenho tosco destes objetos.

Muitas peças repetem a natureza, o espaço e a estética adquirida em seis anos trabalhando o metal, inclusive a forma com que eu gravava as matrizes, sempre em formatos “que se acomodavam como um abraço”. Relicários transportados com cuidado até as paredes, onde eram pendurados, todos os dias”


Fabrício Lopes
“A mecânica do papel”
A sobreposição de camadas, impressões retiradas de diversas matrizes de madeira fazem o papel trabalhar até o limite. As fibras reagem no vinco e no rasgo da cor, compondo o painel como uma vela de barco impressa. Não é possível domar o papel, é preciso dançar com ele”


Armando Sobral
Irá apresentar um conjunto de 30 gravuras em metal em pequeno formato. A obra de Armando Sobral se inspira na natureza e no imaginário amazônico (o artista mora em Belém do Pará).


Abertura: 07 de agosto, terça-feira, 19h00 às 22h00.
Período de exposição: de 08 de agosto a 15 de setembro de 2007.
Local: GRAVURA BRASILEIRA
Rua Fradique Coutinho, 953, Vila Madalena, ao lado da livraria da Vila
Fones: 3097.0301 e 3097.9193
Horários: segunda-feira a sexta-feira: 10/18hs  e sábado: 11/14hs
Internet: www.cantogravura.com.br




 

Copyright Gravura Brasileira

Rua Ásia, 219, Cerqueira César, São Paulo, SP - CEP 05413-030 - Tel. 11 3624.0301
Horário de funcionamento: Segunda a Sexta: 12h00 às 18h00 ou com hora marcada

site produzido por WEBCORE